Boas Práticas Anti-Spam

Boas Práticas Anti-Spam

Visando sempre melhorar nossos serviços e auxiliar nossos clientes, resolvemos montar uma lista de boas maneiras de criação de e-mail, com o intuito de dificultar o envio de SPAM e a divulgar o repúdio a essa prática. A seguir apresentamos uma lista de fatores que podem impedir que seu e-mail seja caracterizado como spammer:

1- Rever a lista de contatos periodicamente para remover contas de e-mails inválidos (desativados, escritos de forma errada, falsos, etc). O envio de mensagens para destinatários inválidos ajudam os filtros a considerá-lo spammer.

2- Use linguagem de conversação normal. Evite ao máximo:

mensagens em HTML;
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.[email protected]Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
TEXTOS EM CAIXA ALTA;

3- Se você precisar rastrear seus e-mails e saber se eles foram lidos, use gráficos visíveis como parte do seu e-mail, não gráficos invisíveis. Evite mensagem com códigos invisíveis para rastrear seus e-mails, pois podem aumentar a pontuação dos filtros de spam.

4- Evite utilização de cópias ocultas, porque também aumentam a pontuação dos filtros de SPAM.

5- Não enviar muitos arquivos em anexo, principalmente arquivos executáveis (.exe). Evite também muitas imagens ou e-mails feitos apenas com uma imagem. Coloque os arquivos no seu provedor de hospedagem e crie apenas uma referência para ela no corpo do e-mail.

6- Evite uso constante de alguns termos de baixa reputação no assunto do e-mail, pois quando encontrados, são passíveis de punição (SPAM) pelos provedores. Alguns exemplos são:

acentos gráficos: “?”, “!”
palavras: “grátis”, “compre”, “confira”, “oferta”, “ganhe”, “promoção”, “imperdível” e etc.
expressões: “ganhe dinheiro grátis”, “veja como perder peso”, “compre agora este produto”, “clique aqui” e etc.

7- Deixe passar um tempo entre as suas publicações. Seja por entusiasmo, ânsia de produtividade ou insistência, muitas vezes terminamos postando conteúdos idênticos em vários grupos ou destinatários no mesmo momento. Essa conduta é uma das pautas levada em conta na hora de detectar spam.

8- Evitar o envio da mesma mensagem repetidamente. A mensagem pode ser considerada spam.

9- Quando utilizar um gerenciador de e-mail (como por exemplo Outlook ou Thunderbird), precisa-se tomar cuidado com seus contatos, pois caso haja na lista de destinatários algum endereço inválido (desativado, escrito de forma errada, falso, etc) e ocorrer uma tentativa um envio para esse e-mail, o envio torna-se inválido devido ao e-mail também inválidos (bouncers) e assim não será concluído. Entretanto, por padrão programas de e-mail geralmente tentam reenviar repetidamente a mensagem, causando assim múltiplas tentativas da mesma mensagem. Isso pode fazer a conta ser considerada Spammer pelos buscadores.

10- É preciso estar sempre analisando o computador com um anti-vírus ou anti-spyware, pois existem determinados vírus que se instalam na máquina e utilizam o programa de e-mail da mesma para envio de SPAM sem que o dono saiba (spammer na máquina do usuário).